Dicas para usar LÖVE2D no seu Windows


#1

Pequeno tutorial colaborativo com dicas pra quem quiser mexer com a framework LÖVE2D em seu windows (no judgments, plz)
#Como rodar a LÖVE pelo CMD usando o comando “love”

Testado em windows 7, mas deve funcionar em outras versões (XP pra cima)

1)

baixe a LÖVE no site ( https://love2d.org/ ) na sua versão do win (32 ou 64 bit).

2)

Crie um atalho do cmd em algum lugar (como por exemplo sua barra de tarefas).

Para isso, vá até a pasta C:\Windows\System32, ache o executável “cmd.exe”.
Clique com o botão direito e selecione a opção de fixar na barra de tarefas.

3)

Agora temos um cmd para facilmente acessar, porém fica dificil ter digitar o caminho do nosso executavel da LÖVE toda hora que formos rodar. Por isso vamos criar um arquivo de alias para ser rodado toda vez que abrirmos nosso cmd!

Crie dentro do diretório C:\Windows\System32 um arquivo chamado doskey.cmd (simplesmente crie um arquivo de texto puro e renomeie para doskey.cmd).

Nele nós vamos escrever nossos alias com o comando DOKSEY. Edite o conteúdo do texto e coloque o seguinte:

@echo off DOSKEY love= "C:\Program Files\LOVE\love.exe" $1$T

o @echo off é para o seu cmd não imprimir o barulho resultante do script.
DOSKEY vai criar um alias para que toda vez que você escreva "love ", ele rode o destino com seu executavel LÖVE. Por padrão o executável fica em “C:\Program Files\LOVE\love.exe”, mas se não for o seu caso, re-escreva com o caminho correto.

4)

Agora precisamos linkar nosso atalho de cmd da barra de tarefas para abrir o doskey.cmd toda vez que abrirmos ele. Para isso temos o comando \K que serve para nosso cmd rodar outros arquivos em inicialização.

Clique com o botão direito no nosso cmd na barra de tarefas até aparecer suas propriedades. Nela, mude a opção de Destino (ou Target) para:

%windir%\system32\cmd.exe /K %windir%\system32\doskey.cmd

Ou o local onde está o cmd.exe e o doskey.cmd

Fim

Com isso seu cmd deve funcionar perfeitamente e com o comando love funcionando que nem no bash!

Se quiser, você pode agora adicionar mais alias no seu doskey.cmd para facilitar sua vida! Eu no caso coloquei um clear e um ls do bash para funcionar no meu cmd. O arquivo doskey.cmd fica assim:

@echo off DOSKEY ls=dir DOSKEY cl=cls DOSKEY love= "C:\Program Files\LOVE\love.exe" $1$T

======================

Se alguem tiver outras dicas, manda ai! :smiley:


#2

Por algum motivo so funcionou pra mim colocando o doskey.cmd dentro da pasta System32, mas imagino que deve ter algum truque pro arquivo ficar em qualquer lugar do seu sistema


#3

Gostaria de apresentar uma alternativa:

##1)
Siga esse tutorial para particionar seu disco

##2)
Escolha uma distribuição linux e instale-a na nova partição

##Fim
Use love no linux


#4

Nossa precisa disso tudo nao

  1. Copia o caminho pro executável da love
  2. Poe no PATH do windows (n lembro onde mas da pra achar)
  3. Profit

#5

Mexer no PATH do Windows antes do Windows 10 é MUITO doloroso.


#6

Akira tem razão, meu deus Rica não precisa de todos esses shennanigans… Só colocar o executável da Love no PATH, ai pelo CMD ou Git Bash (q é o que vc deveria usar em vez de CMD) só rodar o love pasta/arquivo .love

Tinha um jeito também pra vc poder colocar comandos no menu do botão direito sabe, ai poderia clicar numa pasta e fazer algo como “rodar com a Love”, mas não lembro como fazer isso de cabeça.
E se vc tiver arquivos .love é mais fácil, se não me engano só de tentar abrir eles o Windows vai falar “que porra é essa?” e ai vc fala que abre com o executável da Love e pronto, só double-click ou simplesmente abrir o arquivo .love de qualquer jeito e ele já sera executado para seu entretenimento.

@kazuyuki: ou vc também pode no Win10, abrir seu bash pra ligar seu ubuntu embutido, instalar a Love e pronto. Nada de precisar fazer gambiarras de dual boot pra instalar esses OSs inferiores hhahahaa

@Kazuo: Nossa Wil, desde o XP é bem fácil. Mais fácil ainda do Win7 em diante que é só apertar o botão WIN no teclado (ou start na tela), digitar “environement variables” (ou algo equivalente) que já vai aparecer o setting do PATH.


#7

Mas desse jeito já tenho um CMD que carrega meus alias de um jeito muito mais prático u.u Mexendo no arquivo com DOSKEY da pra fazer muita coisa legal também :hamburger:


#8

O problema nem é tanto achar o menu para mudar o PATH, e sim mudar o PATH em si naquele campo de texto de uma linha sem scroll obviamente preenchido por uma string de mais de 400 caracteres.