Problemas existem para serem resolvidos


#21

[quote=“orenjiakira, post:20, topic:376”]Bem, existem grupos de estudo, que nem sempre fazem tudo juntos. Não acho que foi isso o que você quis dizer (fazermos tudo junto sempre), mas também não acho que não podemos trocar nossas experiências e projetos entre subconjuntos de membros. Não somos uma empresa e não é porque queremos fazer jogos em solo ou em 2-3 pessoas que queremos virar freelancers. Aliás, essa prática não tem nada a ver com freelancing, que é basicamente ser bitch de um mercado que paga pouco e cobra muito para fazer coisas que você não quer fazer.

Mas voltando aos grupos de estudo: na nossa descrição tá lá: grupo de desenvolvimento e pesquisa de jogos. A gente tá em grupo para aprender enquanto faz, trocar pesquisas e experiências, códigos e padrões de design, não para fazer everybody together always, necessariamente. É até incompatível esse tipo de organização com o modelo “existem tarefas e qualquer membro pode fazê-las”, porque se não temos focos individuais dentro de um grupo, não temos como fazer essas tarefas sem uma assembleia burocratica. Isso não significa que quero que cada um faça seu jogo individualmente e mostre pro grupo para se gabar, até porque fazer jogos sozinho é mega difícil. Para isso o grupo existe. O que quero dizer é que não precisamos de todo mundo (ou do aproval de todo mundo) para fazer cada projeto, e isso não desfaz a necessidade do grupo.[/quote]
Concordo com o que o Akira falou.

Nosso propósito (original) é de aprender sobre os todos os aspectos da criação de um jogo, por pesquisa e desenvolvimento. Acho que pode-se dizer que ao longo do tempo demos mais foco às partes relativas a programação por causa da nossa maioria de BCÇóides, mas ainda assim acredito que não esquecemos o resto.

Quanto a fazer o grupo dar mais foco a produzir para eventos como o VKDaros falou, ou a de produzir jogos próprios nossos (como “meio” que fazemos), eu pessoalmente prefiro nossos. Enquanto ambas opções podem nos prover tanto conhecimento (“pesquisa”) quanto experiência (“desenvolvimento”), acho que a de produzir para eventos introduziria o fator de pressão, de ‘temos que fazer isso até a deadline’. Não que isso seja uma coisa ruim, mas já tive muito disso em estágios e graduação, e ainda mais agora no mestrado, então prefiro ir levando projetos do grupo com calma.
Mas novamente, uma opção não exclui a outra.

Outra coisa que acho que é bom lembrarmos é que enquanto nossos projetos do grupo (ou de sub-sets dele) mal foram lançados ou usados (fala sério, temos alguns projetos que mal foram acabados e os que foram, nem foram muito usados), eles ainda levaram o grupo em si a atingir sua meta principal: aprendizado e experiência em vários aspectos.

Será que alguém aqui consegue falar que não aprendeu nada com o grupo?
Eu pessoalmente já aprendi bastante, até em coisas que não são relativas só a jogos. E só por isso já acredito que o grupo (pelo menos pra mim) foi bem sucedido, mesmo não tendo terminado vários projetos, feito um “jogo de sucesso” ou ganhado fama em algum evento de games.
C++ por exemplo, como uma linguagem de programação genérica, eu como programador posso usar ela pra qualquer coisa. E não conheço nem ouvi falar de ninguém no IME, além de nós do grupo, que manja tanto de C++ quanto nós, e tudo que aprendi foi no grupo e no meu TCC (que foi um spawn do grupo).

O foco do grupo era, e acredito que deva sempre ser, a pesquisa e desenvolvimento. A aquisição de conhecimento e experiência em assuntos game-related por parte de seus membros.
Eventos de games, projetos, palestras para pessoas de fora, etc, são simplesmente meios para chegar nesse objetivo, acho que não podemos esquecer disso.

[quote=“vinicius, post:18, topic:376”]O Fernando falou que o Wil e eu somos os “admins” do grupo e que outras pessoas também deveriam assumir esse posto.
Eu não acho que “admin” seja um cargo que alguém precisa assumir. Digo mais, acho ainda que nosso grupo não precisa de nenhum tipo de cargo!
O que existem são tarefas e as pessoas precisam cumpri-las. Algumas tarefas podem ser meio burocráticas, mas isso não quer dizer que precisemos de “admins” ou “presidentes” para resolvê-las.[/quote]
Mais ou menos, acho que pra essas questões burocráticas, precisa sim. Vocês podem achar que não, mas lembra na C1-10 quando o Giuliano pedia algo para o grupo, para quem que ele pedia de fato? Você Vini. Você e o Wil. E não era só o Giuliano fazendo isso. Além de alguns profs do IME, quando algum de nós queria discutir algo sobre a organização do grupo provavelmente falava com vc ou o Wil antes.
Talvez vocês nem tenham percebido, mas vocês meio que assumiram esse “cargo”. Possivelmente pois em parte o resto do grupo não queria e vocês deram um passo a frente e fizeram isso.

Mas não veja isso como uma coisa ruim. O que eu tava querendo dizer, que acho que não expliquei direito, é que o importante disso não é que tinham 2 pessoas que faziam a parte burocrática, mas sim que tinha 2 pessoas que tanto os outros membros do grupo quanto pessoas de fora olhavam como ‘os lideres’. Os mais experientes que ajudam os outros, que serviam de exemplo aos outros.
E acho que isso é uma coisa importante a ter no grupo pra manter sua continuidade.


#22

Olá, pessoal

  1. Essa thread foi movida da board “Projetos” para “O Grupo”.

  2. A ata da última reunião foi colocada na Wiki, da mesma forma como será feito com as atas das próximas reuniões.
    http://uspgamedev.org/wiki/Atas_das_reuniões
    Isso facilita muito a organização, fica fácil de ver a evolução das reuniões, fica fácil de procurar, enfim… várias vantagens.
    Entretanto, acompanhar mudanças nas páginas de uma Wiki não é natural. Por conta disso, seria bom que quem quiser mudar algo nas páginas escreva a mudança na sub-página “discussion”, avise no fórum para ver se alguém tem algum comentário sobre a alteração e, depois disso, passe para a página do artigo mesmo.

  3. Sugiro inclusive que nas próximas reuniões a anotação da ata seja feita (durante a reunião) diretamente na página “discussion” para já ficar gravada e, depois, movida para o artigo.

  4. Como foi decidido na reunião, por favor usem o fórum para as discussões - inclusive essa.

Abraços


#23

Aliás, a próxima reunião já está marcada para quarta-feira que vem, (dia 10/6), das 18h às 20h, na sala de reuniões do bloco C do IME.

Depois vou fazer um artigo na wiki para colocarmos os horários das reuniões regulares.


#24

A ata da última reunião já foi colocada na página correspondente da Wiki.

Pauta para a próxima reunião:

  1. Terminar de discutir sobre as vantagens e desvantagens de uma possível mudança de foco com relação às ferramentas padrão do USPGameDev: sair do (C++, SDL, OpenGL) para (outra coisa);
  2. Escolher esse “outra coisa”;
  3. Avaliar se vale a pena continuar apenas com essas reuniões de discussão ou se o que já foi conversado é suficiente para começarmos tomar algumas ações.

#25

Na última reunião, eu, o André, a Isabela e o Wil concordamos em fazer uma visita ao CITI para verificar os recursos do local.
Um horário bom para nós, ingressantes, seria quarta (dia 1º) às 14:00.


#26

Ok, Vinícius, você consegue mandar aquele e-mail que você tinha falado para acertar isso (ou pelo menos nos por em contato)?


#27

Pode deixar.