Projeto: atividade de introdução para o BCC


#1

O meta-grupo REGEX, que reúne representantes de todos os grupos de extensão do BCC (nóis, MaratonIME, Hardware Livre, etc.), está com uma proposta para ajudar os bixos a conhecerem melhor cada grupo.

Durante duas semanas bem no começo do semestre, cada grupo terá uma tarde para fazer uma atividade interativa com os bixos, com o intuito de mostrar no que consiste participar do grupo em questão.

Nós teremos uma dessas tardes, e essa thread é para organizarmos a atividade que faremos.

Tem dois principais problemas que precisamos levar em conta:

  1. Não podemos supor que os bixos sabem programar
  2. Pode ser que haja MUITOS bixos na atividade (20+)

Por causa dessas duas restrições, a atividade óbvia (um workshop de godot) não é viável.

Proposta #1

Minha ideia inicial seria mostrar o Janken Wars pra eles e propor para eles se juntarem em grupos e projetarem seus próprios baralhos de Janken Wars. Para isso precisaríamos de:

  1. Papéis de cartolina A8 para eles fazerem as cartas
  2. Um jeito legal de montar grupos

HALP

Alguém tem alguma outra sugestão?
Alguém topa ajudar na organização e execução da atividade?


Reunião de Prospectiva 2018/1 [sexta 23/2 14h, concluída]
#2

Poderíamos explicar algumas das tequinicas de fazer jogos como

  • aquela planilha de espalhar ideias
  • revestimento entre programadores
  • livros de referência
    É claro n falaríamos com tanta profundidade só dariamos uma leve explicação dos métodos e o motivo de usá-los

#3

Verdade, uma exposição inicial explicando coisas básicas é uma boa.

Qual planilha? O Brainstorm que fazemos nas jams?

Como assim?

Com certeza!


#4

Qual planilha? O Brainstorm que fazemos nas jams?

Yep isso mesmo

revestimento entre programadores

Revezamento entre progamadores.(Corretor altomatico)
Aquele método de ter uma pessoa só escrevendo o código, o(s) outro(s) tentando encontrar soluções


#5

Alguma ideia de quanto tempo a gente teria? E quando?

Acho q seria legal dar uma palestrinha introdutória de 20 min no início, de preferência com várias imagens, gifs e cores vibrantes. A gente poderia falar oq a criação de jogos te oferece, como:

  • Valor no mercado (porque te dá experiência com projetos em grupo de longa duração)
  • Versatilidade de conhecimento
  • Felicidade
  • Amigos de outros institutos (porque não precisa ser programador para participar)
  • Expressividade artística
  • Fome por Nescau Cereal

Uma coisa mais informal, para atrair a atenção mesmo. Depois pularíamos direto pro Janken Wars, q além de ser um exemplo do q pode ser feito no grupo, também é algo em q alguém mais interessado já conseguiria criar novas cartas no ato.


#6

Por volta da terceira ou quarta semana de aula, a partir das 14h30, teoricamente. Não está completamente fechado ainda. A duração fica a nosso critério até onde entendi.


#7

Gostei bastante da ideia da atividade com Janken Wars! Seria legal como sugeriram ai dar alguma base antes, como uma palestrinha sobre a UGD e Game Design, ai propoe a atividade de criar suas proprias cartas como exercicio disso.

O Nakamura deu umas aulas bem legais nisso na disciplina dele de Game Design, em que ele falava algum tipo de raciocinio ou processo de Game Design, ai colocava a classe pra pensar ou fazer algum jogo bem simples de tabuleiro ou digital na hora.

Quem sabe a gente pode falar de algum cap. do Art of Game Design pra estimular algum pensamento criativo pros bixos criarem cartas.


#8

Eu topo ajudar!
O que acham de fazer alguma coisa na Godot usando Visual Scripting?


#9

Verdade, tem essa opção agora. O problema aí é conseguir uma sala com computador pra todo mundo, já que a estimativa é de ir bastante gente.


#10

A gente pode propor uma atividade em dupla e tentar reservar uma sala no CEC, mas não sei como é o desempenho da Godot nos computadores de lá.


#11

É, teria que testar.

Fora isso, por questões históricas (cough eles roubaram o lab. eclipse cough) eu tenho um pouco de dificuldade em levar o CEC a sério. Então parece ok, contanto que eu não precise interagir diretamente com eles =)


#12

Na minha experiência, minha torradeira processa mais rápido que os computadores do CEC. Disseram que “consertaram” os computadores de lá, mas isso já não sei.

De qualquer forma acho que mesmo visual scripting pode ser muito complexo pra alguns bixos, porque bastante gente entrou no nosso ano sem nem saber o que eram "if"s e "while"s. Até a lógica de programação é (usada também no visual scripting) pode ser algo que deixe as coisas meio confusas para alguém com experiência 0.

Acho que poderia dar certo se a gente já fizesse uma base e eles só modificassem atributos, embora possa parecer meio tosco.


#13

Na verdade tive uma ideia cabulosa, mas temos que ver se daria certo.

A gente podia fazer um space shooter PvP tosco com a funcionalidade online da Godot 3 e aí sim botar todo mundo pra jogar em uma arena, com os jogadores podendo modificar atributos da nave (aceleração, rotação, velocidade máxima).

Daria um trabalho e nem sei se o online da engine permite isso, mas seria algo que daria pra ser usado ad eternum.


#14

Faz uma prova conceitual ae. Melhor jeito de descobrir!

S C I E N C E


#15

achei interessante isso das navinhas, mas acho que perde um pouco da magia deles construirem um jogo mesmo. Por enquanto to achando a produção de algum jogo analógico a ideia mais divertida e acessível pro calouros, de forma a trazer um glimpse da experiência gamedev.

Mas acho que pode ser possível sim um worksho ou algo com jogos digitais, desde que bem ensaiado em com um roteiro bem definido pra ninguém ficar pra trás ^^


#16

Ok, tive mais uma ideia, baseado nas sugestões do @VictorDM e do @andremouka:

  • A gente prepara um jogo simples (ou adapta um que já temos) de forma que os bixos possam montar fases usando apenas a interface gráfica da Godot. Ou seja, vira um exercício de level design.

Dos jogos que temos mais ou menos prontos, acho que o Skyjammers é que estaria mais no jeito, e mesmo assim talvez seja meio complicado. Alternativamente, podemos tentar pensar em algum jogo de puzzle bem simples pra preparar, mas não tenho nenhuma ideia concreta.

Então esta ideia depende dos seguintes fatores:

  1. Conseguirmos um lugar com computador para todos os bixos
  2. Preparar um jogo onde eles possam praticar level design
  3. Ter um roteiro bem definido de como instruir eles no dia (na real, todas as ideias precisam desse passo)

Alguém topa ver com o CEC se rola? Uma outra alternativa meio-termo é reservar a BCC, que cabe mais gente que o LabX mas ainda sim bem menos que o CEC.


#17

Sou sempre a favor de ficar longe do CEC hahaha. Vamos tentar BCC então, que ai ja apresenta eles pra sala!


#18

Galera, to vendo que até depois do carnaval eu vou estar bem ocupado com as recepções de graduação e pós-graduação, então não vou conseguir ver nada disso. Alguém consegue conversar com o CEC e/ou a Rede Linux para ver se rola a reserva? E alguém tem uma ideia de jogo para exercitar level design?

No pior dos casos, podemos deixar o Janken Wars no Auditório do CCSL como um plano B ou C, mas mesmo assim seria bom ter uma ideia o quanto antes.


#19

Alguém conseguiu ver alguma coisa? XD


#20

Pessoas, então, vamos marcar um encontro pra brain-stormar o que fazer?

Eu estava tendendo para o seguinte:

  • A gente se junta, monta um roteirinho pra fazer um jogo analógico simples, com diretrizes claras. (edit: tipo de cartas mesmo, cartolina só)
  • Fazemos um jogo antes seguindo o roteiro.

Daí, no dia, a gente conta o walkthrough do processo e junta os bixos em grupos e pede que eles façam um também, seguindo o nosso guia. Daí eles jogam entre si.

IMO, isso é a melhor alternativa, porque não depende do CEC, não depende dos bixos trazerem computador, etc. e é bem escalável, tipo, a gente só compra mais cartolina xD. E, ainda assim, pode ser bem instrutiva nos conceitos lá :stuck_out_tongue:

Ideias?