Projeto para MAC0472: Laboratório de Métodos Ágeis


#1

MAC0472 é uma disciplina do Bacharelado em Ciência da Computação onde os alunos desenvolvem um projeto para um cliente suficientemente real, e o projeto é publicado como software livre em troca.

O professor responsável, Alfredo Goldman, convidou a gente para propor um projeto para os alunos. Pode ser qualquer jogo que já estamos fazendo, ou um novo. Alguém tem interesse? Se sim, você se tornaria o cliente e precisaria ir lá uma vez por semana para acompanhar o desenvolvimento de dar feedback.

Já mostraram interesse em mandar o projeto Pirates, mas se alguém mais quiser, ainda temos tempo para decidir. O prof. Gold precisa de um nome e resumo do projeto (e o nome do cliente) até semana que vem, e as propostas serão apresentadas no dia 15/8.


#2

#3

Como deve ser esse resumo? Acho que a descrição do Pirate Ships Battles no docs do let’s test play está bem razoável, porém ela não é completa em relação ao que pretendemos implementar no jogo. Algo a mais deve ser adicionado?

Se eu puder ser o cliente e trabalhar nele na matéria seria o ideal pra mim xD Mas se não for possível, temos que arranjar um cliente que possa comparecer.

Sobre o problema do jogo não ser “testável”, eu dei uma pesquisada e existem testes que podem ser feitos nesse jogo, como testes automatizados de desempenho, carga, stress, etc. Também dá pra fazer testes de unidade em algumas classes.

Aliás, testes automatizados em jogos é um assunto legal para o UGD estudar e aplicar uma vez que é uma prática bem estabelecida no desenvolvimento de software em geral, mas em jogos é um pouco mais difícil de se fazer porque as coisas em geral são mais dependentes entre si.


#4

É legal dar uma ideia do que vocês esperam dos alunos, para eles saberem o que esperar também XD.

Vou ver com o Gold se tem problema.

Sim, na verdade dá para fazer teste sim. Só exige bastante preparo desde cedo no projeto. O grimoire tem testes, mas ele é um caso relativamente fácil por ter uma interface em texto.


#5

@Guilherme_Vieira
Ele falou que tudo bem o aluno ser cliente SE tiver mais alguém de fora para ser cliente também, e nesse caso dá para vocês dividirem as responsabilidades.


#6

@Guilherme_Vieira

O prof. Gold está cobrando o nome/resumo do projeto. Já temos alguém para ser o cliente de fora?

@VictorDM, @Tui e quem mais tá fazendo também

Se vocês quiserem propôr mais projetos, preciso do mesmo: nome, resumo e cliente.


#7

Até queria mandar o jogo dos maguinhos, o problema é achar alguém de fora da matéria pra ser cliente. E também não sei se ele ia encanar do projeto já estar bem avançado.


#8

Essa parte não é problema. LabXP teve vários projetos já avançados, e é interessante porque os alunos precisam saber entrar no bonde andando (algo bastante comum na vida real de um programador).


#9

Olá! Eu fiz uma proposta.

Nome do projeto:

LAVA LAMP

Resumo:

“L.A.V.A. series L.A.M.P. edition VS THE WORLD” é um jogo do gênero top-down shooter desenvolvido na Godot Engine pelo USPGameDev durante a Ludum Dare 40, uma game jam com duração de 72 horas, que teve o tema “The more you have, the worse it is”.
O jogador controla um robô criado por um cientista, o último ser humano vivo na Terra, que tenta impedir que outros robôs dominem o mundo, enfrentando incontáveis waves de inimigos enquanto se torna cada vez mais sofisticado, adquirindo inúmeros power-ups.
O jogo, que atualmente conta com 17 mecânicas e 12 tipos de inimigos diferentes, recebeu o maior número de avaliações e comentários dentre os jogos do USPGameDev no site oficial da Ludum Dare, e chegou a atingir o top 4 no filtro “Smart”, dentre 2889 jogos.
Os próximos passos do projeto são: migrar para a Godot 3, desenvolver mais mapas, inimigos e mecânicas, sofisticar o algoritmo de busca dos inimigos e corrigir bugs relacionados, desenvolver outros modos de jogo (casual, waves customizadas), criar uma tela de menu e de créditos, adicionar features no painel que exibe inimigos e mecânicas novas.

Repositório: https://github.com/uspgamedev/lava-lamp

Cliente:

@Makiyoshi


#10

Projeto: Pirate Ship Battles

Cliente: @mr.jahd

Resumo:

Pirate Ship Battles é um jogo open-source 2D do gênero battle royale. Começou a ser desenvolvido no primeiro semestre de 2018 utilizando Node.js e a framework para jogos Phaser. Os jogadores controlam um navio pirata no oceano, o objetivo é sobreviver a ataques de outros jogadores e para isso é necessário coletar caixas com munição que estão nas águas. O multiplayer é inspirado nos jogos Agar.io e Slither.io, além dos jogos mais consagrados do gênero battle royale, como Fortnite e Playerunknown’s Battlegrounds.

O jogo possui uma versão jogável disponível em: http://pirates.jahdsoft.com/
Nesta versão, o jogo possui tela de login, modo mobile, movimentação dos barcos básica, detecção de colisão, canhões e coleta de munição. Os próximos passos do projeto são:

  • Adicionar um “círculo da morte” que encurrala os jogadores para um ponto do mapa.
  • Gerar ilhas para coleta de munição e reparação dos barcos.
  • Minimapa.
  • Múltiplas salas.
  • Score e leaderboard
  • Adicionar tripulação e habilidades

Repositório: https://github.com/uspgamedev/Pirate-ship-battles


#11

Boa galera!

Edit: agora vocês estão oficialmente na lista de projetos propostos da disciplina (aqui e aqui também)


#12

Se for ter mais algum projeto, podem mandar até dia 14/8!!!


#13

@VictorDM @Makiyoshi @Guilherme_Vieira @mr.jahd

Do monitor da disciplina:

Nesta quarta, 15/08, entre das 14h às 16h teremos a apresentação dos projetos de labxp2018.

Para cada apresentação de projeto:

  • 3 minutos para fazer um pitch do projeto
  • Poderá usar até 5 slides que deverão ser enviados para nós em PDF ou levados em um pen-drive.
  • Responder as perguntas dos alunos

Teremos a apresenção de 16 projetos, portanto após esgotado o tempo teremos que passar para o próximo projeto.

Os resumos dos projetos já estão disponíveis na página da disciplina:
http://ccsl.ime.usp.br/wiki/LabXP2018#Possibilidades

Como temos vários candidados, talvez teremos que continuar as apresentações no dia 20/08 das 16h às 16h30. Daremos preferência para as pessoas que não são do IME apresentarem na quarta-feira.